BANHO É BOM …. BANHO É BOM ….. BANHO É MUITO BOM !!!!

O banho é um hábito de higiene que todos devemos praticar, mas é ainda de bebê que aprendemos ter o prazer no banho, seja pelo relaxamento que proporciona ou pelo simples fato de estarmos limpos. Sempre que temos alguma dor ou desconforto, por diversas situações o banho é terapêutico, por exemplo, nos recém-nascidos com cólicas, onde deixar a barriguinha submersa em água morna acalma a dor e relaxa o bebê.

Os bebês podem tomar banho na banheira tradicional, no balde e também no chuveiro no colo dos pais. Podemos dar vários banhos ao dia, sendo o ideal ao menos um banho ao dia.

Os benefícios do banho de balde são que podemos deixar o bebê mais submersos e mais encolhidos do que em banheiras comum, assemelhando-se mais com o útero materno e por isso estranhando e assustando menos. Podemos dar banho no balde desde recém-nascido até a criança ficar confortável dentro do balde, que ocorre geralmente até 4 a 6 meses. Devemos tomar o cuidado em segurar os bebês com as duas mãos sob o queixo deles e deixarmos o balde sob uma superfície plana e segura para não ser surpreendidos com nada uma vez que estaremos com as duas mãos ocupadas.

Quando oriento o banho de banheira, solicito que iniciem com o recém-nascido ainda virado para a água, com a barriga dentro da água, pois sentem menos desconforto e assustam menos, sendo então mais tranquilizador e relaxante. Conforme vão crescendo podemos coloca-los semi sentados ou até sentados. quando ainda não sentam, podemos deixar as banheiras em suportes elevados, mas depois que crescem, já ficando sentados, devemos retirar a banheira do suporte e colocar no chão, sob uma superfície plana, para não ter o perigo de a criança cair.

Podemos usar alguns artifícios para ajudar os pais sem muita prática ainda no banho para segurar o recém-nascidos, como redes e ninhos (boias). Estes artifícios muitas vezes ajudam a dar mais segurança aos pais e por vezes aconchegam os recém-nascidos dentro da banheira ajudando-os a relaxar ainda mais. Por vezes conseguimos usar por até 3 meses, mas conforme os bebês vão crescendo, estes artifícios devem ser retirados pois precisarão de mais espaço dentro da banheira.

A higienização do balde e da banheira diariamente com um pano seco e álcool etílico.

Já o banho de chuveiro, não é tão habitual, porém é extremamente delicioso. O ideal é entrar com o bebê sob o peito do pai ou da mãe e deixar a água morna a quentinha escorrer sob o corpo. Não ensaboar o corpo todo, ensaboar em partes para não escorregar. Esta modalidade de banho relaxa bastante o bebê, é prática e além disso, o bebê já acostuma com o barulho do chuveiro. E também por ser agua corrente , não necessita de utensílios e a higienização destes. 

O ideal é escolher uma modalidade que mais se encaixa com a dinâmica familiar e aproveitar o momento do banho para trocar carinho com os filhos